SAMUEL CARPE

Nascido entre as montanhas de Minas Gerais, as Highlands brasileiras, Samuel Carpe é um autor de estilo eclético, de características clássicas e modernas, professor, historiador, desenvolvedor de pesquisas e materiais didáticos alternativos. Mestrado em disciplina Isolada em Educação: Linguagem e Tecnologia pela Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG), mestrado disciplinas isoladas em Artes: Teorias da Produção e Recepção, em Poéticas do Tempo, Irrupções e Anacronismos das Imagens, em Palavras e Escritos de Artistas e em Autoetnografia em Processos de Mediação e Criação pela UEMG; graduado em História e em Artes Visuais; pós-graduado em Docência do Ensino Superior, em Ensino a Distância, em Filosofia e Teoria Social, em Educação Musical e em Tutoria em EAD; pós-graduando em Educação Especial e Inclusiva com Ênfase em Comunicação Alternativa e Tecnologia Assistiva e em Arqueologia e Patrimônio. Adorador da literatura, em 2011 idealizou suas primeiras obras, decidindo transpô-las para o papel, mesclando a elas seu talento como desenhista e ilustrador. Talento, que o acompanha por toda vida profissional, ultrapassando o papel na arte da tatuagem, onde é especialista em vários estilos como a fotografia e realismo, Old School e New School, na arte urbana do grafite e em materiais diversos, como camisas, que se tornaram, também, marca do artista. Como escultor, tem predileção por criar action figures pela influência da cultura pop, games, heróis e animes. Considerado autodidata, busca aperfeiçoar habilidades em conjunto para apresentar maior interação entre suas obras e seu público.